nova postagem

Loading...

terça-feira, 22 de abril de 2014

MUDANÇAS NO GOVERNO ATRASAM IMPLANTAÇÃO DO SAMU EM VARGINHA !!!!!!!!!!


Capacitação de 706 funcinários já foi adiada 

por duas vezes. 


Segundo secretaria, mudanças em órgão e no 

governo adiaram curso.


                                                VISTA    AÉREA   DE   VARGINHA

A capacitação dos aprovados no concurso do Samu, que estava marcada para este mês, foi adiada novamente. Com isso, o Serviço Móvel de Atendimento de Urgência do Sul de Minas, que terá sede em Varginha(MG), ainda não começou a funcionar. A situação tem deixado as 706 pessoas que passaram no concurso inseguras quanto ao emprego.
Antes de assumirem os cargos, os médicos, enfermeiros, auxiliares administrativos e até os porteiros vão precisar passar pelo curso preparatório. O aviso do cancelamento do curso foi feito por um email enviado pela direção do Cissul (Consórcio Intermunicipal de Saúde do Sul de Minas), que administra o serviço na região. A justificativa dada aos candidatos foram as mudanças na administração da Secretaria de Saúde e no governo do estado.

Por enquanto, a obra no prédio onde irá funcionar a sede do Samu em Varginha ainda não ficou pronta. Mais de 10 ambulâncias que estavam na cidade foram devolvidas no ano passado para o governo do estado. Apenas uniformes e computadores já chegaram
.Conforme as primeiras previsões do Cissul, o prédio do Samu deveria ter sido entregue em janeiro e os funcionários ocupariam os cargos em fevereiro. No entanto, a primeira data agendada para a capacitação foi 25 de março. Depois, 23 de abril, data que novamente foi cancelada.
A nova previsão para a realização do curso preparatório é para o mês de maio. No entanto, ainda não há dia definido. Conforme a Secretaria de Estado de Saúde, a verba para a realização do curso deverá ser liberada até o dia 30 deste mês. A secretaria confirma que a demora acontece devido às mudanças na administração do órgão.
  •  
Sede do Samu em Varginha ainda não está pronta (Foto: Reprodução EPTV)Sede do Samu em Varginha ainda não está pronta (Foto: Reprodução EPTV)XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXNOTA DO BLOG: REPORTAGEM E FOTO SAMU:  G1  e  EPTV.XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

ESTRADAS FEDERAIS REGISTRAM 10 MIL INFLAÇÕES NO FERIADO NO SUL DE MINAS!!!!!!!!!


Maioria das multas aplicadas pela PRF foi por excesso de velocidade.

Na Fernão Dias, trecho de Extrema foi o que registrou maior lentidão.


AS  ESTRADAS  FEDERAIS  DO  SUL  DE  MINAS registraram um alto número de infrações durante a volta do feriado. Segundo a Polícia Rodoviária Federal de Pouso Alegre (MG), entre a última quinta-feira (17) e esta segunda-feira (21), cerca de 10 mil multas, a maioria por excesso de velocidade, foram aplicadas nas rodovias que cortam a região.

Na Rodovia Fernão Dias, os motoristas decidiram pegar a estrada no período da tarde. O movimento maior foi registrado no sentido sul da rodovia, onde pelo menos 50 mil veículos seguiram rumo a São Paulo nesta segunda-feira.
Segundo a concessionária Auto Pista Fernão Dias, por volta 
de 19h30, o trânsito ficou parcialmente interditado no 
quilômetro 940 em Extrema (MG), no sentido Belo 
Horizonte, 
devido a um caminhão carregado com maderite que tombou. 
O motorista não ficou ferido. No sentido São Paulo, o tráfego 
registrava três quilômetros de lentidão.

A Polícia Rodoviária Federal deve divulgar o balanço total dos acidentes nas estradas federais de Minas Gerais nesta terça-feira (22).
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, nas BRs 267, próximo a Caxambu (MG); BR-354, próximo a Capivari (SP), BR-459 e 146 em Poços de Caldas (MG) e na BR-381, em Perdões (MG) eTrês Corações (MG), o trânsito era intenso, mas sem ocorrências mais graves registradas.
Estradas federais registram 10 mil infrações no feriado no Sul de MG (Foto: Carlos Cazelato / EPTV)Estradas federais registram 10 mil infrações no feriado no Sul de MG (Foto: Carlos Cazelato / EPTV)XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXNOTA  DO  BLOG:  NOTA  E  FOTO:  G1  e  EPTV,  AOS  QUAIS  AGRADEÇO...XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


quinta-feira, 17 de abril de 2014

EX-PRESIDENTE DO DME RECEBE MAIS DE CR$ 600 MIL POR 10 MESES DE TRABALHO !!!!!!!!!!!

 

Poços de Caldas, MG, 17/04/14 – O engenheiro Álvaro Luiz de Amorim, que ocupou o cargo de presidente do DME Poços de Caldas Participações, de 1 de fevereiro de 2013 a dezembro de 2013, recebeu pelos serviços prestados R$ 607.154,48. Essa informação foi dada à Câmara, atendendo um pedido de informação do vereador Antônio Carlos Pereira (DEM).
O parlamentar lamentou o fato da resposta ao seu pedido de informação só ter chegado à Casa depois que o engenheiro ter sido desligado do cargo. Para Pereira, a informação sobre a remuneração do ex-presidente caiu como uma bomba, porque, segundo ele, é inconcebível um salário nesse valor numa empresa pública como é o DME.
O engenheiro foi
cedido ao
 município pela empresa Furnas Centrais Elétricas S/A, sendo autorizado pelo Ministério de Minas e Energia, com ônus para o DME. “Porque a administração não viu antes de contratar o engenheiro que ele sairia tão caro para os cofres públicos do município, deveriam saber que seu salário era estratosférico. Não sei porque trouxeram alguém de fora, um profissional com um salário desses? E aí me pergunto, nos quadros do próprio DME não teríamos um funcionário para ocupar esse cargo temporariamente? Volto a repetir, foi um gasto exorbitante”, lamentou.
De acordo com a resposta dada ao vereador, o reembolso a Furnas dos custos do funcionário cedido foi feito em dois pagamentos, um no valor de R$ 539.466,50, que representava os meses de fevereiro a outubro de 2013, e o outro foi de R$ R$ 67.687,98 referente ao salário de novembro de 2013. Totalizando o valor de R$ 607.154,48 por dez meses de trabalhos prestados.
“No meu modo de entender foi um gasto absurdo um salário nesse valor e não consigo ver e nem avaliar nenhuma contribuição expressiva que o engenheiro deixou com sua passagem pelo DME”, concluiu.
 XXXXXXXXXXX

NOTA  DO
BLOG: REPORTAGEM "JORNAL DA MANTIQUEIRA"
XXXXXXXXXXX







Pereira disse que salário do ex-diretor do DME é surreal para uma cidade
como Poços, principalmente se tratando de uma empresa pública.




Engenheiro Álvaro Luiz de Amorim foi cedido por Furnas e ocupou o cargo de presidente
do DME Participações, recebendo por 10 meses de trabalho mais de R$ 607

domingo, 13 de abril de 2014

MORADORES FAZEM PROTESTO CONTRA AUMENTO DA VIOLÊNCIA EM MACHADO!!!


Segundo PM, crimes violentos aumentaram 

18% no início de 2014.


Grupo se reuniu com balões brancos e luto por morte de dois jovens.


Moradores de Machado (MG) protestaram nesta sexta-feira (11) contra o aumento da violência. Com pouco mais de 38 mil habitantes, os crimes violentos aumentaram 18% no início deste ano na cidade, de acordo com a Polícia Militar. Somente um posto de combustíveis de Machado foi assaltado duas vezes no mesmo dia.
Dezenas de pessoas se uniram na principal praça da cidade com balões brancos pedindo o fim de uma violência cada vez mais frequente na vida deles. Muitos estavam em luto pela morte de dois jovens assassinados cruelmente no fim de semana do dia 6 de abril.
Durante o protesto, um ato ecumênico reuniu pastores e padres da cidade. "É um grito de revolta, um grito de socorro, muito mais que de revolta é de socorro para que as autoridades possam nos ajudar", afirma o organizador do evento, Clayton Magalhães Nery.
Protesto contra aumento da violência em Machado, MG (Foto: Tarciso Silva / EPTV)Moradores fazem protesto contra aumento da violência em Machado, MG (Foto: Tarciso Silva / EPTV)
Só nos dois primeiros meses do ano foram registrados 18 crimes violentos em Machado, duas vezes mais que no mesmo período de 2013. O subtenente Rogério Ricardo da Silva afirma que o envolvimento com drogas é um dos responsáveis pelo aumento da violência. "É basicamente o consumo de drogas e o aumento de envolvimento de menores em crimes violentos."
Um posto de combustíveis na cidade é um dos locais que mais sofrem com assaltos em Machado. Só no último mês foram registrados quatro, dois deles no mesmo dia, e logo ao lado do empreendimento existe uma unidade da Polícia Militar. "É muito difícil ver a polícia nessa guarita, praticamente ela fica dessa forma que ela está, sozinha", afirma a administradora do posto, Carla Nery.
Segundo a PM, a cabine que fica no posto de combustíveis funciona apenas como ponto de apoio em caso de ocorrência policial.
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
NOTA  DO  BLOG:  REPORTAGEM  E  FOTO:   G 1    e    EPTV.
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


ESTADO PUBLICA RESULTADO DA LICITAÇÃO DO PRESÍDIO DE POÇOS DE CALDAS!!!








Mosconi está em conversa permanente com o secretário de Estado de Defesa Social Rômulo Ferraz sobre a construção do presídio de Poços!!!

Belo Horizonte, MG, 13/04/14- Dia 8 de abril, o governo estadual publicou no “Minas Gerais” o resultado da licitação para a construção do presídio de Poços de Caldas. A empresa vencedora foi a BM Engenharia Ltda e, em segundo lugar, a Casa Maior Construções Ltda. Outras duas empresas foram desclassificadas por apresentarem propostas comerciais não condizentes com o edital, lançado dia 19 de fevereiro.
O deputado Carlos Mosconi (PSDB) está acompanhando todo o processo para a implantação do novo presídio. Segundo ele, a Secretaria de Estado de Defesa Social está prevendo que a construção da unidade prisional de Poços de Caldas comece em julho deste ano. “Provavelmente, serão 300 dias de obras. Com a conclusão do projeto, teremos maior capacidade de ressocialização dos detentos, além de melhor estrutura de segurança para a nossa cidade”.
As duas empresas classificadas têm cinco dias úteis para possível recurso. Depois desse prazo, será homologada a decisão. O custo para a BM Engenharia construir o presídio de Poços é de R$ 12.384 milhões. Já a segunda colocada fez um projeto de R$ 12.609 milhões. A nova unidade terá 306 vagas e ficará situada na rodovia BR-146, s/nº. 


(Assessoria de imprensa do deputado Mosconi)

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX









quinta-feira, 3 de abril de 2014

GASTOS COM HORAS EXTRAS NA PREFEITURA JÁ ULTRAPASSAM OS R$ 8.5 MILHÕES!!!!!!!!














Poços de Caldas, MG, 03/04/14 – O vereador Antônio Carlos Pereira (DEM), único parlamentar que votou contra o projeto de redução da jornada de trabalho dos servidores públicos municipais, vem acompanhando a evolução com os gastos de horas extras. Em resposta a um pedido de informação foi revelado que só em 2013 a prefeitura e o DMAE já gastaram mais de R$ 8,5 milhões.
Mais uma vez, o vereador reitera sua preocupação com o aumento nos gastos com horas extras e ressalta que não é nada contra o servidor, que, segundo ele, tem o direito de receber pelo trabalho extra.
“Em 2013 só a prefeitura gastou cerca de R$ 7.1 milhões e o DMAE cerca de R$ 1.5 milhão. São valores consideráveis que só temos que lamentar. Não que os servidores não tenham direito a ganhar horas extras, muito pelo contrário, se ele trabalhou a mais tem o direito constitucional legal de receber, mas o volume de horas extras está fugindo do controle. Pensei que a atual administração pudesse reduzir esses gastos, mas os números mostram que isso não aconteceu e como vereador vou continuar acompanhando e alertando”, coloca.
Entre os setores que mais gastaram com o pagamento de horas extras aparecem a Secretaria de Saúde, com R$ 3.143 milhões, a Secretaria de Serviços Públicos, com cerca de R$ 1.4 milhão, a Secretaria de Defesa Social, com R$ 1.2 milhão. “E assim por diante, esse dinheiro certamente pode fazer a alegria de alguns trabalhadores mas no futuro pode faltar para muitos deles também”, lamentou.
Pereira coloca ainda que com a redução da jornada de trabalho de 8 para 6 horas, a prefeitura, por força de lei, teve que manter o salário dos servidores, entretanto, para sustentar os serviços públicos a administração está tendo que recorrer ao pagamento de horas extras. O vereador lembra que na época em que esse projeto foi aprovado os defensores da proposta acreditavam que haveria uma redução com os custos da prefeitura, em energia, alimentação e outros insumos. Mas, segundo o vereador, isso não acontece e, muito pelo contrário, os gastos estão inchando cada dia mais a máquina pública.
Pereira destacou ainda que só em dezembro de 2013 a prefeitura gastou cerca de R$ 284 mil e mesmo assim as reclamações com a falta de médicos em algumas especialidades, dificuldades na realização de exames, cirurgias e medicamentos ainda continuam. “O que esperamos é que a administração acorde para esse problema que no meu entendimento é grave e pode colocar as finanças do município em risco’, concluiu.

Para o vereador Pereira, a administração precisa ter mais rigor com os gastos públicos e reduzir horas extras e contratações.






XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

NOTA DO BLOG:REPORTAGEM E FOTO DO VEREADOR
"JORNAL DA MANTIQUEIRA"; OUTRA FOTO  ARQUIVO
DO  BLOG.
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX



quarta-feira, 2 de abril de 2014

UNIVERSITÁRIOS CONSTROEM MURO NO MEIO DA RUA NA UNIFAL EM PROTESTO !!!!!!!!!!

                                     ALFENAS... FOTO  AÉREA  DA  CIDADE

O motivo seria o preço da refeição no Restaurante da Universidade.

Nesta terça feira (01/04), alunos da Unifal, se reuniram em frente ao prédio V do campus central para manifestar contra o aumento do preço da refeição servida no RU.
O valor, que já era considerado alto para universidades federais, aumentou de 4 para 6 reais e se tornou a refeição mais cara no país em faculdades federais.
A diretoria do DCE, manifestou em um ato denominado THE WALL, construindo um muro para manifestar sua indignação.
height=400
O manifesto ocorreu de forma pacífica e organizada.
As aulas foram interrompidas durante o ato devido ao som que estava no local. 
O presidente do DCE, P.C. , conversou com nossa equipe no local e deu um parecer mais detalhado sobre o ocorrido.Deixou claro também, que as manifestações não prejudicarão as festividades para comemorar os 100 anos da faculdade.
size:=src=/ckfinder/userfiles/images/muro2.jpg

Nota. O DCE da Unifal nunca teve uma voz tão ativa igual 

ultimamente, DCE LEVANTANDO A BASE, mudou o rumo da vida política dos 

estudantes da Unifal com a sua faculdade. O movimento tem uma página 

Depois que construíram os muros, os universitários pintaram com frases de manifestos:
height=225height=225
Por volta das 17hs, os muros foram desmanchados por funcionários da Unifal.
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

NOTA DO BLOG: REPORTAGEM E  FOTOS: "MINAS  ACONTECE"
AOS DIRETORES  AGRADEÇO.

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


domingo, 30 de março de 2014

PREFEITO DE "PASSOS" TEM MANDATO CASSADO EM PRIMEIRA INSTÂNCIA

                                             VISTA  AÉREA  DE   PASSOS,  MG.


Ataíde Vilela (PSDB) teria cometido 

irregularidades na campanha.


Sentença foi dada pelo juiz eleitoral Flávio 

Barros Moreira.


O juiz eleitoral Flávio Barros Moreira cassou o mandato do prefeito de Passos, Ataíde Vilela (PSDB) e do vice-prefeito, Ademir José da Silva. Na sentença publicada nesta sexta-feira (28), o juiz alega que houve irregularidades na captação de recursos durante a campanha eleitoral de 2012.
O juiz afirma que o vice-prefeito era presidente da Cooperativa de Crédito da Cidade de Passos (Crediacip), que teria liberado  empréstimo para duas pessoas e para uma empresa antes das eleições. A alegação é de que o dinheiro teria financiado parte da campanha, o que configura arrecadação ilícita de recursos.
XXXX
De acordo com a decisão, o segundo colocado nas eleições, Carlos Renato Lima Reis, deve assumir a Prefeitura de Passos, mas ainda cabe recurso. Nem o prefeito e nem o vice foram encontrados para falar sobre a decisão.
Ataíde Vilela fala dos planos de governo para Passos (Foto: Reprodução EPTV)Ataíde Vilela       teve mandato cassado .XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXNOTA  DO  BLOG:  REPORTAGEM  E FOTO  DO  PREFEITO ATAÍDE:  G 1 e  EPTVXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX